QUANTO CUSTA UMA PROVA DE CARGA?

Figura 01 - Ensaio de Prova de Estática Bidirecional X Convencional.

Nesse artigo vou abordar sobre o custo real de um ensaio de prova de carga estática, tanto pelo método Convencional, quanto pelo método Bidirecional.

É de conhecimento de todos e eu tenho exposto isso em meus artigos que na hora de equalizar o custo de um ensaio de Prova de Carga Estática deve se contabilizar todos os gastos e não somente o gasto do ensaio.

A Prova de Carga Estática, realizada pelo método convencional, além do custo do ensaio, ela possui o custo do sistema de reação, ou seja, para a equalização correta , precisamos compor o custo TOTAL do ensaio - mobilização + ensaio + estaca de reação + tirante de reação +retro + munck + bloco de coroamento + Homem/Hora da contratante na execução de todos esses itens. Abaixo irei expor o custo de uma prova de carga para 900 toneladas.

Detalhando o Custo de uma Prova de Carga para 900 toneladas...

Mobilização do Ensaio - R$ 10.000,00

Execução do Ensaio + Relatório - R$ 8.000,00

Execução da estaca de reação - R$17.000,00/estaca de 30 m, ou seja R$68.000,00 para 4 estacas de reação;

Barra Dywidag - R$ 34.560,00 para 4 estacas de reação

Luva Dywidag - R$4.824,00 , emendas das barras, pois cada barra tem 12m

Porcas Dywidag -R$ 544,00, para travamento da chapa de aço

Concreto bloco da estaca ensaiada - R$2.000,00

Armação bloco da estaca ensaiada (10 mm) - R$600,00

Retirada de material escavado - R$2.000,00, para execução do bloco

Escavadeira - R$ 1.500,00

Caminhão Munk - R$ 4.500,00

HH - ( R$ 5.000,00) - A contratante necessitará de colaboradores acompanhando a execução das estacas de reação, bloco de coroamento, instalação dos tirantes, compra dos tirantes. Esses colaboradores vão desde o responsável técnico, passando pelo engenheiro da obra, o engenheiro de qualidade, o técnico de qualidade, o suprimentos, o mestre da obra, o supervisor das estacas , até o ajudante.

No final, o custo total desse ensaio seria R$ 141.528,00.

Enquanto isso, o Ensaio Bidirecional sairia por R$ 90.000,00, nesse caso gerando uma economia de R$ 51.528,00/ensaio. Reparem que a cada ensaio realizado, a economia aumenta.

Muita das vezes, a depender do número de ensaios, a substituição do método Convencional pelo método Bidirecional se paga sozinha!

Mas quando analisamos o custo e observando somente por essa visão de custo, o Ensaio de Prova de Carga Estática, realizado pelo método Bidirecional, através da utilização de Células Estáticas Descartáveis (CED), começa a ser mais vantajoso a partir de 600 toneladas de carga de ensaio.

Nos gráficos abaixo demonstro o crescimento de carga x custo e quantidade de ensaios x dias necessários dos métodos Convencional e Bidirecional.

Figura-02 - Gráficos Custo dos Ensaios e Gráfico de tempo gasto para se realizarem os ensaios.

O custo do Ensaio de Prova de Carga Estática, realizado pelo método BIDIRECIONAL não precisa ser equalizado com o sistema de reação, pois o ensaio parte do princípio que a estaca vai reagir contra o atrito lateral do fuste (parte superior das Células Estáticas Descartáveis (CED)) e contra o atrito lateral do fuste mais a resistência de ponta da estaca ensaiada (parte inferior das CED).

Então, na hora de equalizar os dois ensaios, é necessário comparar o preço do convencional + todo o sistema de reação X o preço do ensaio Bidirecional.

Caso as estacas de reação sejam estacas de projeto, o custo do convencional cai significativamente o tornando melhor custo nessa comparação, a depender da carga. O que é preciso, é sempre fazer conta e saber equalizar os diferentes métodos.

CUSTO/BENEFÍCIO

Se analisarmos para a verificação do custo/benefício e não só do custo, o Bidirecional possui mais algumas vantagens quando comparado ao convencional.

Figura 03 - Vantagens de segurança e ensaios fora da cota de arrasamento.

Segurança - O ensaio Bidirecional mão possui a necessidade de vigas de reação, logo, não há o risco do sistema cair tirando vidas humanas. (Figura 03)

Economia de Prazo - O ensaio Bidirecional não necessita de estacas de reação, nem de bloco de coroamento, nem de tirantes e nada referente ao sistema de reação. Isso lhe fornece uma dinâmica em prazos que é bastante superior à dinâmica do Convencional. (Figura 02)

Economia de Capital - O ensaio bidirecional realiza uma economia de capital significativa para a contratante, pois ele não necessita do custo elevado das estacas de reação + tirantes de reação + mão de obra da contratante + guindastes e caminhões muncks para transportes e montagens das vigas + etc ... (Figura 02)

O Ensaio na Cota - O ensaio pode ser realizado na cota da estaca, não necessitando escavações o ensaios com resultados mascarados com cargas atuantes que não irão existir no final da obra. (Figura 03)

Carga Ilimitada - Já realizou-se mais de 5000 ensaios bidirecionais no mundo e sua maior carga até hoje foi de 30 mil toneladas.

Segue abaixo algumas ilustrações sobre os dois ensaios para que possam verificar as diferenças de processos:

Figura 04 - Ensaio de Prova de Carga Estática, quando realizado pelo método Convencional

Figura 05 - Ensaio de Prova de Carga Estática, quando realizado pelo método Bidirecional

O Ensaio de Prova de Carga Estática, realizado pelo método Bidirecional, com a utilização de Células Estáticas Descartáveis (CED), recupera a fissura feita no fuste da mesma através de uma injeção de calda de cimento sob pressão. A região da célula, geralmente forma um alargamento de seção transversal (comprovado pelo ensaio de integridade PET), pois como a calda de cimento e injetada sob pressão, a calda se expande até a resistência do solo compatível com a pressão imposta, então tende a extrapolar a área da estaca. A Figura 06 demonstra as fases do ensaio.

Figura 06 - Etapas do Ensaio Bidirecional

Enfim, Isso exposto, fica evidente que precisamos equalizar o ensaio contando o custo/benefício antes de optarmos pelo melhor método para atender nossa obra

Dúvidas sobre o assunto? Querendo fazer um ensaio? Querendo ajuda para analisar um ensaio feito?

Entrem em contato comigo.

felipe@geoestatica.com.br

felipesouzacruz@hotmail.com

TEL: 021 9-9778-2835 .

#MétodoBidirecional #EnsaioBidirecional #ProvadeCargaEstáticaEnsaioBidirecional #Ocell #MétodoConvencional

Posts Em Destaque
Posts Recentes